'Robissão' é executado ao defender o BDM em confronto com PMs

Tiroteio entre 'Robissão', comparsas e policiais aconteceu na manhã desta quarta-feira (19) |Reprodução/Redes Sociais

Chegou ao fim a carreira artística de ‘Robissão’. Na manhã desta quarta-feira (19), Leandro Bispo dos Santos morreu ao trocar tiros com agentes da Polícia Militar, próximo da Rua Jardim das Alfazemas. A ação criminosa aconteceu na localidade Barro Duro, no bairro de São Cristóvão, em Salvador.

Tido como um dos homens mais buscados da capital baiana, o indivíduo, que também atendia pelos vulgos de ‘Jha’ e ‘Madimbu’, estava armado dentro de uma casa quando notou a chegada dos PMs. Como reação, ele atirou, foi atingido no revide, socorrido ao Hospital Menandro de Faria, porém não resistiu aos ferimentos.

Bonde do Maluco

Responsável por atuar como um dos ‘braços’ da facção criminosa Bonde do Maluco (BDM), ‘Robissão’ acumulava uma gama de assassinatos. Os bairros com maior número de homicídios registrados nas mãos dele são Águas Claras e Cajazeiras.

Era ele, que tinha 40 anos, quem comandava regiões como Condor e Rua Celika Nogueira. Cerca de 39 pinos de cocaína, 18 comprimidos de ecstasy, uma porção de maconha, uma pistola .380, uma balança de precisão, uma mochila e uma motocicleta Honda CG Fan foram entregues.

Fonte: BNews

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA