Solidariedade da Sorte


Foto: Reprodução TV Oeste

O falso líder religioso Claudimilson Ferreira Rodrigues, conhecido como “Pai Café”, foi denunciado na segunda-feira (4), no município de Barra, pelos crimes de estupro de vulnerável contra uma vítima e violência sexual mediante fraude contra ela e outras quatro vítimas.

Os crimes aconteceram entre 2017 e 2022, quando Claudimilson praticou os delitos contra cinco vítimas — uma delas, à época, menor de 14 anos.

Mônica Barbosa dos Santos, a ajudante do falso líder religioso, também foi denunciada por auxiliar a persuadir as vítimas. De acordo com a denúncia, Mônica se intitulava como “âncora” ou “mãe pequena”, e não só tinha conhecimento sobre os abusos sexuais cometidos pelo líder religioso, como o auxiliava a “ludibriar as vítimas com as promessas espirituais e ameaças sobrenaturais”.

Segundo o promotor de Justiça Romeu Coelho Filho, autor da denúncia, Claudimilson, com o auxílio de Mônica, usou sua condição "superior hierárquico de líder religioso" para aplicar fraudes sexuais em adolescentes e mulheres que frequentavam a instituição religiosa. O promotor pede à Justiça que seja mantida a prisão preventiva dos dois denunciados, que já estão detidos.

Fonte: Metro 1

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

PI 39456 MOYA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA