Solidariedade da Sorte


O homem que apareceu no próprio velório na verdade estava trabalhando; corpo era de outra pessoa / Reprodução/Blog do Anderson Redação BNews

Em março de 2014, João Marcos Ribeiro apareceu vivo no próprio velório, na cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, após um dos filhos atestar no Instituto Médico Legal (IML) que o corpo de um outro homem era do pai. Na quarta (20), o idoso, que ficou conhecido após o caso ser veiculado em rede nacional, faleceu aos 74 anos, em uma unidade hospitalar, onde tratava de um problema de saúde.

À época do fato inusitado, um dos filhos do idoso recebeu um telefonema. Do outro lado da linha, uma pessoa informou que o seu pai sofreu um acidente de trânsito e que não resistiu aos ferimentos. Desesperado, ele foi até o IML e assinou a documentação confirmando que o cadáver era do seu genitor. O fez sem ao menos ver o corpo do falecido.

Após os trâmites funerários, o corpo foi levado até à casa da família, onde passou a ser velado por parentes e amigos de João Marcos. Muitos desconfiaram que o homem que estava no caixão era uma outra pessoa. Em um determinado momento, enquanto todos choravam pela sua morte, que não aconteceu, o idoso chegou em casa para o susto e, ao mesmo tempo, alegria de todos. “Eu estava trabalhando”, teria dito.

O caso teve tanta repercussão que o idoso foi convidado a ir aos estúdios Globo, no Rio de Janeiro, participar do programa Encontro. João Marcos deixa cinco filhos.

O homem apareceu vivo no próprio velório em 2014 (Foto: Reprodução/Blog do Anderson)

Fonte: BNews

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

PI 39456 MOYA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA