Solidariedade da Sorte

Foto reprodução

Em novo pronunciamento à nação, nas primeiras horas de quinta-feira (17/3, no horário local), o presidente da Ucrânia, Volodymir Zelenski, comparou o ataque incessante russo à cidade ucraniana de Mariupol ao cerco nazista a Leningrado, na Segunda Guerra Mundial.

O líder ucraniano ressaltou que os soldados russos que se entregarem serão bem recebidos no país. “Ainda há uma oportunidade para cada soldado enviado ao território do nosso país, cada um que não foi morto ou capturado.”

Zelensky foi além, e afirmou que as perdas de soldados russos na Ucrânia já são maiores que as sofridas pelo país na Síria ou na Chechênia. “Se a sua guerra contra o povo ucraniano continuar, as mães russas vão perder mais crianças do que a guerra afegã e chechena juntas.”

A cidade ucraniana de Mariupol tem sido alvo de bombardeios russos incessantes. Com localização estratégica e costeira, a cidade ficou sem água, energia elétrica e comida para seus moradores. Os gestores locais lutam para conseguir retirar as famílias por rotas de fuga humanitárias e fornecer suprimentos para a cidade.

Mariupol tem sido palco de relatos cruéis da guerra, como o bombardeio à maternidade que atingiu gestantes e recém-nascidos, e recente ataque a um teatro utilizado como abrigo para civis.

“Outro crime de guerra horrendo em Mariupol. Massivo ataque russo ao Teatro Drama, onde centenas de civis inocentes estavam escondidos. O edifício está agora totalmente em ruínas. Os russos não podiam saber que este era um abrigo civil. Salve Mariupol. Pare os criminosos de guerra russos”, condenou o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba.
Fonte: Metrópoles



Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

MOYA PI 37581

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA