Solidariedade da Sorte

A primeira audiência de Petrônio Silva Souza, 69 anos, motorista que causou o acidente na loja Verdes Mares, em Jacobina, que deixou três pessoas mortas na véspera de Natal do ano passado, está marcada para acontecer às 13h desta quinta-feira (17/3) no Fórum Dr. Jorge Calmon.

Na semana passada, o Jacobina Notícias mostrou que Petrônio teve um pedido de habeas corpus negado de forma unânime por cinco desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA). Com a decisão, ele permanece preso no Conjunto Penal de Juazeiro, no norte do estado. A reportagem não obteve a confirmação se o réu será trazido para a audiência em Jacobina.

De acordo com a denúncia do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), Petrônio estava alcoolizado quando invadiu a loja com uma caminhonete Ram 2500 e causou as mortes de Roque Ferreira da Silva, 70 anos, Marcelo Messias da Costa Silva, 34 anos, e Luís Carlos de Jesus Silva, 33 anos. Preso em flagrante, ele foi autuado por crime culposo, sem intenção de matar.

No entanto, diante de todas as circunstâncias que envolveram o crime, o MP-BA denunciou o motorista por crime doloso, com intensão de matar. No entendimento do promotor de Justiça, Petrônio assumiu o risco de matar quando ingeriu grandes quantidades de bebida alcoólica em diversos bares e, de forma irresponsável, dirigiu em alta velocidade até causar o acidente que interrompeu três vidas.

A Justiça ainda vai decidir se altera o entendimento do crime atribuído ao motorista. Havendo a mudança para crime doloso, Petrônio deverá ir à júri popular.

Fonte: Jacobina Notícias






Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

MOYA PI 37581

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA