Solidariedade da Sorte


Na manhã desta terça-feira, 08 de março de 2022, os trabalhadores da educação do município de Mairi reuniram-se na Sede da APLB Sindicato deste município, local de onde saíram em passeata pelas ruas da cidade como forma de Manifestação e Protesto ao descumprimento por parte do poder público municipal do artigo 5º da Lei nº 11.738/08.


A Lei nº 11.738/08 prevê que o Piso Salarial Profissional Nacional do Magistério Público da Educação Básica seja atualizado, todos os anos, no mês de janeiro, lei esta que passou a vigorar a partir do ano de 2009.

Além da lei citada acima que já existe desde 2008, no dia 04 de fevereiro deste ano (2022), no Palácio do Planalto, em Brasília, o Ministro da Educação, Milton Ribeiro, assinou, juntamente com o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, a Portaria nº 67, que estabelece o novo valor do Piso Salarial Profissional Nacional para os Profissionais do Magistério Público da Educação Básica (PSPN).

De acordo com a Portaria Interministerial nº 67 de 04 de fevereiro de 2022, o reajuste do piso salarial dos professores para o ano atual (2022) é de 33,24% com pagamento a partir de janeiro do ano em curso, pagamento este que até a presente data não foi pago com o respectivo aumento.


Desta forma, como já havia comunicado ao senhor prefeito em reunião na última sexta-feira (04/03/2022) e oficializado a secretária de educação do município sobre a Paralisação das aulas municipais, nesta terça- feira (08/03/2022) os professores saíram pelas principais ruas da cidade em protesto, acompanhados com carro de som em direção à frente da prefeitura, onde expuseram faixas, cartazes e discursaram em praça pública, levando ao conhecimento da população a maneira desrespeitosa com que a administração pública municipal tem ignorado os direitos dos profissionais da educação, no que diz respeito ao cumprimento da Lei.


A APLB pede o apoio e a compreensão de toda população mairiense na resolução deste problema e desde já, informa que as aulas paralisadas serão repostas pela categoria assim que o problema for solucionado, conforme calendário da Secretaria Municipal de Educação.
Redação e fotos: APLB Sindicato - Núcleo Mairi-Ba

Redação e fotos: APLB Sindicato - Núcleo Mairi-Ba






Fonte: Central Angico 

Além da lei citada acima que já existe desde 2008, no dia 04 de fevereiro deste ano (2022), no Palácio do Planalto, em Brasília, o Ministro da Educação, Milton Ribeiro, assinou, juntamente com o 

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

MOYA PI 37581

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA