Solidariedade da Sorte

Pabllo Vittar pegou bandeira com o rosto de Lula em seu show no Lolla

O PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, acionou o Tribunal Superior Eleitoral neste sábado (26) contra a organização do festival Lollapalooza por suposta propaganda eleitoral irregular em benefício do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). As informações são da Folha de S Paulo.

O evento que acontece neste fim de semana reúne artistas internacionais e nacionais em São Paulo. De acordo com a representação, na noite desta sexta-feira (25), durante as primeiras apresentações, artistas como Pabllo Vittar e Marina se manifestaram politicamente contra Bolsonaro e a favor de Lula.

Durante sua apresentação, a cantora Pabllo Vittar fez a letra L com a mão e correu com uma bandeira que estampava o rosto do ex-presidente.

"A manifestação política realizada em evento de responsabilidade da representada [organização do Lollapalooza] fere inúmeros dispositivos legais",disseram os advogados do partido de Bolsonaro.

“Eis porque a manifestação política em mais de um show, uma em absoluto desabono ao pré-candidato Jair Bolsonaro e outra em escancarada propaganda antecipada em favor de Luiz Inácio negativa e antecipada além de promoverem verdadeiro showmício, sendo indiferente se o evento foi custeado pelo candidato ou se o mesmo esteve presente no ato”, afirmaram.
Fonte: Bahia Notícia

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

PI 86258 SLA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA