Solidariedade da Sorte


Médicos enviados pelo Ministério da Saúde para atender vítimas das chuvas chegam à BA — Foto: Redes Sociais

A comitiva de 23 médicos, que partiu de Brasília na manhã desta segunda, chegou no começo da tarde em Ilhéus, no sul da Bahia. Os ministros da saúde, Marcelo Queiroga, da Cidadania, João Roma, e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, acompanharam os profissionais.

Mais cedo, ainda em Brasília, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou que, até o dia 10 de janeiro, 119 profissionais de saúde, do programa Mais Médicos, serão enviados ao estado. Eles vão atuar na atenção primária de cidades que decretaram estado de calamidade pública por causa das chuvas no estado.

A secretária estadual de Saúde da Bahia, Tereza Paim, recebeu a comitiva e agradeceu a chegada dos profissionais.

“Estamos gratos por vocês médicos que estarão cuidando de famílias. A água baixou e precisamos fazer prevenção. Precisamos de pessoas cuidando de pessoas. A Bahia fica muito agradecida. Temos 417 municípios e 153 estão em situação de emergência. Daí é possível medir a importância de cuidar dessas pessoas de diversas regiões do estado”, disse a titular da Sesab.

Os prefeitos de Ilhéus, Mário Alexandre, e de Itabuna, Augusto Castro, também participaram da recepção dos profissionais.

O médico Raphael Câmara Medeiros Parente, que chefia a Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS) do Ministério da Saúde, destacou que outros 11 profissionais também chegaram a Ilhéus nesta segunda (3) e vão se juntar aos outros 23, totalizando 34 profissionais em solo baiano.

Além disso, o secretário afirmou que até o dia 10, outros 70 médicos devem chegar no estado. Segundo ele, se necessário, o ministério pode aumentar o efetivo de profissionais. A secretaria estadual de Saúde da Bahia informou que o estado solicitou cerca de 90 profissionais.

Raphael Câmara ainda destacou que a saúde mental das vítimas da chuvas será uma preocupação do efetivo de médicos. Coordenador-geral de Saúde Mental do ministério, o psiquiatra Rafael Bernardon Ribeiro também integra a comitiva do governo federal que chegou a Ilhéus nesta segunda. A ministra Damares também destacou que a saúde mental terá um papel de destaque no trabalho.

“Estamos em uma grande missão que é abraçar e cuidar desse povo. Há uma preocupação com saúde mental que esse grupo também vai acompanhar”, disse.

Chuva na Bahia

Estragos da chuva na Bahia — Foto: Globo Rural

Mais de 150 cidades e 660 mil pessoas foram afetadas pelas enchentes no sul da Bahia. Ao todo, 25 pessoas morreram e 517 ficaram feridas.

Segundo levantamento da Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec) do estado, eram 90.670 pessoas desabrigadas ou desalojadas até sexta-feira (31). Em alguns casos, moradores ficaram isolados por 48h após temporais.

As chuvas também afetaram rodovias que cortam o estado. Ao todo, 60 trechos foram afetados pelos temporais, segundo a Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra).

Fonte: g1 Bahia.

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

TEMPO PI - 32135

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA