Solidariedade da Sorte


 Intubada e com um projétil alojado no abdômen, a menina E.C.J., de 7 anos, que foi atingida por um tiro dentro de casa na noite de sexta-feira (17), na Rua José Cavalcante, em Miguel Calmon, foi transferida no final da tarde deste sábado (18) do Hospital Regional Vicentina Goulart, em Jacobina, para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador.

A criança foi baleada nas costas durante a ação em que o padrasto dela, identificado como Márcio de Jesus dos Santos, 42 anos, acabou sendo executado a tiros (veja aqui). Na noite de ontem, quatro homens armados invadiram a residência da família e atiraram várias vezes em Márcio, atingindo também a menina. O homem morreu no local, enquanto que a criança foi socorrida para o Hospital Português, em Miguel Calmon, e, em seguida, transferida para o Hospital Municipal Antônio Teixeira Sobrinho (HMATS), em Jacobina. 

Por conta da piora no quadro clínico da criança, ela foi levada para o Hospital Regional, onde foi intubada e mantida na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A equipe médica optou por solicitar sua regulação para uma unidade na capital. O projétil que atingiu as costas da criança e se alojou no abdômen não pôde ser retirado.

A reportagem apurou ainda que a menina tinha o quadro clínico estável durante a transferência. A Polícia Civil vai investigar a autoria e motivação do crime.

Fonte: Jacobina Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOV EDUCA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA