Solidariedade da Sorte

Foto: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro determinou a imposição de sigilo de 100 anos sobre informações das solicitações de crachás de acesso ao Palácio do Planalto emitido em nome dos seus filhos, Carlos Bolsonaro e Eduardo Bolsonaro. 

Os cartões são utilizados para controlar quem entra e sai do Planalto e a existência deles foi informada pela Presidência da República, em documentos enviados à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid.

O sigilo foi confirmado pela revista Crusoé, que teve acesso aos documentos via Lei de Acesso à Imprensa (LAI), e impõe restrição às informações ligadas à "intimidade, vida privada, honra e imagem". Só o vereador Carlos Bolsonaro visitou o local 32 vezes entre abril de 2020 e junho de 2021, e uma planilha mostra que ele tinha livre acesso aos corredores do local.

O seu irmão, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, esteve no Planalto em três oportunidades, todas as vezes em abril de 2020, segundo informações do UOL.

Fonte: A Tarde

 

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO TEMPO

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA