SOLIDARIEDADE DA SORTE

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Na tentativa de desbancar o atual prefeito da cidade, PCdoB e PT tentaram costurar uma aliança em Jacobina até as últimas semanas. Mas a dobradinha não aconteceu e tanto o vereador Tiago Dias (PCdoB), quanto Mariana Oliveira (PT) decidiram pela candidatura própria.

O PCdoB sai na frente na composição da chapa, já anunciada, com Kátia da Saúde (Podemos). Nesta segunda-feira (7), a candidatura foi oficializada após as convenções dos partidos aliados do PCdoB, o PL, PP, PSB e o Podemos.

A pré-candidata petista ainda espera contar, ao menos, com o apoio do PSOL, e se viabilizar como uma nova alternativa para a gestão do Executivo municipal, mas admite que pode vir uma chapa "puro-sangue", com outro quadro do próprio partido. 

"Tem partidos que estamos conversando, como o PSOL, que é provável que a gente faça uma coligação. Se não, vamos sair com chapa pura, o que não significa necessariamente um isolamento político, mas que não teve espaço para composição. Mas continuamos a dialogar com todos os setores de Jacobina", disse Mariana em conversa com o BNews.

Segundo Mariana, desde maio, quando foi anunciada como pré-candidata pelo PT, só houve uma tentativa de contato do PCdoB, ja em agosto. Ela avisou que só poderia responder no fim do mês, mas no dia 17 foi surpreendida com os rumores do acerto do PCdoB com o Podemos. 

Desde então, o PT entendeu que caso o PCdoB tivesse interesse na composição, fizesse um contato "formal", fosse por e-mail ou mensagem de Whatsapp.

Ventilada como vice na chapa com Tiago Dias (PCdoB), Mariana explica que após ser consultada pelo próprio vereador sobre a possibilidade, pediu um prazo para a decisão. No entanto, poucos dias depois, soube que o partido tinha se antecipado e articulado a chapa com Kátia da Saúde. "Se realmente tivesse interesse, mandasse um email, uma mensagem, uma proposta formal de composição, que não houve até o momento", ressalta a petista.

Com as duas candidaturas da base do governo postas, Mariana sabe que com os votos divididos o desafio fica ainda maior. Mas ela se agarra na ideia de "resgatar" uma terceira via política na região e sustentar o legado da legenda em Jacobina.

Do outro lado, Tiago garante que as conversas foram abertas com o PT, quem ainda considera um aliado.

Ao BNews, o vereador e pré-candidato do PCdoB disse só enxergar um adversário em sua frente, que é o atual prefeito e candidato à reeleição pelo DEM, Luciano Antônio Pinheiro, conhecido como Luciano da Locar e rechaçou o clima de competição com o partido do governador Rui Costa (PT).

Fonte: BNews

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO DO ESTADO

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA