SOLIDARIEDADE DA SORTE

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA


O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Polícia Civil iniciaram, nesta terça-feira (30), a Operação Tânatos, que investiga o chamado “Escritório do Crime”, que cobrava até 1,5 milhão por homicídio.

Nesta terça-feira (30), foram presos os irmãos Leonardo Gouvêa da Silva, chamado de "Mad", e Leandro Gouvêa da Silva, chamado de "Tonhão". Mad é apontado como chefe da organização e Tonhão seria o motorista do grupo.

Outros denunciados foram os ex-policiais militares João Luiz da Silva, conhecido como “Gago” e Anderson de Souza Oliveira, chamado de “Mugão”.

A investigação aponta ainda que os denunciados teriam estreita ligação com o miliciano Adriano da Nóbrega, que foi morto em fevereiro deste ano, na Bahia.

Fonte: BNews

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO DO ESTADO

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA