Cid Moreira revela que cadelas foram mortas após chamar homem de 'bandido' no 'JN' - AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA

Destaque

Cid Moreira revela que cadelas foram mortas após chamar homem de 'bandido' no 'JN'

Cid Moreira revela que cadelas foram mortas após chamar homem de 'bandido' no 'JN'

O jornalista Cid Moreira, de 91 anos, relembrou um fato trágico que envolveu duas cadelas de estimação que criava na época que apresentava o “Jornal Nacional”, função que desempenhou por mais de 25 anos. Em seu perfil oficial no Instagram, nesta quarta-feira (8), o veterano revelou que seus animais foram envenenados após ele chamar um homem de “bandido” no noticiário. 

“Certa vez, eu estava anunciado, durante o JN, um ‘bandido’ perigoso que havia sido pego pela polícia. E no dia seguinte a vira latinha que eu amava apareceu morta envenenada. Corri com ela para o veterinário e não adiantou. Eu morava em Jacarepaguá. Dois dias depois mais uma morreu. Uma policial capa preta. Ela apareceu, pela manhã, quase morta na porta de minha casa. arranhando a porta e grunhido. Fiquei muito assustado, é claro!’, relatou de início. 

A motivação do crime feito com as cadelas só foi esclarecido, no entanto, quando ele foi para Globo trabalhar. “Chegando à TV naquela tarde, encontrei uma colega jornalista que me disse o seguinte: ‘Estive lá em Bangú e um preso perguntou para mim como estavam as cachorras do Cid Moreira. O que aconteceu?’. Eu contei para ela e daí decidi e me mudei em uma semana para bem longe. O bandido disse a repórter que o pai dele havia sofrido um infarto porque o filho foi chamado de bandido pelo Cid Moreira ! Vejam só!”, concluiu. BN

Páginas