Foragido há três anos, jovem é preso por matar a mãe por herança


Um homem acusado de matar a própria mãe foi preso nesta segunda-feira (8), no bairro Caiçara, em Belo Horizonte, no estado de Minas Gerais. Bruno Eustáquio Vieira, de 27 anos, cometeu o crime há três anos, na casa onde vivia com a vítima, na cidade de Guarujá, em São Paulo.

Márcia Lanzane foi morta no dia 21 de dezembro de 2020, aos 44 anos, após ser enforcada e agredida com socos pelo filho. Segundo o Ministério público, Bruno matou a mãe por interesse na herança. Após cometer o crime, ele chegou a passar a noite com o corpo da mulher dentro da casa. No dia seguinte, ele saiu da residência e, quando retornou, ligou para a polícia para dizer que encontrou a mãe já morta.

As tias do acusado viajaram até a capital mineira após rastrearem os perfis da namorada dele nas redes sociais e descobrirem a localização do sobrinho. Depois disso, elas acionaram a polícia. Mariuza da Quadra, uma das tias, disse que Bruno estava usando o nome “Felipe”.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), no momento da prisão, ele tentou resistir e "se desvencilhar da abordagem". Em razão disso, sofreu algumas leves lesões.
Fonte: BNews

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA