Estudante se apaixona por abelha e paga internação para salvar o pet

Odete foi encontrada no quintal de uma casa, em Goiânia. Mas apesar dos esforços, a abelha não resistiu e morreu. |Reprodução / Redes Sociais

A estudante Sarah Borges se apaixonou por uma abelha. A jovem encontrou o inseto ferido no quintal de casa no dia 9 de junho, em Goiânia, capital de Goiás, e o pet rapidamente se tornou parte da família sendo batizada como “Odete”.

Ela permaneceu aos cuidados da família por quase um mês, com a estudante a alimentou com mel, e dando carinho e muito amor. Em 4 de julho, o pai de Sarah notou que o inseto estava com dificuldades de locomoção e então procurou ajuda de um veterinário.

Thiago Augusto Lourenço recebeu a abelha em seu consultório e falou sobre o caso nas redes sociais. O médico contou que Odete chegou à clínica com o corpo frio, mas apesar de todos os esforços a abelha não resistiu e morreu 24 horas depois da internação.

“Quando a tutora nos procurou, ela estava dando um voto de confiança, se propondo a pagar uma consulta e internação mesmo para um ser tão pequeno. Isso nos enche o coração de alegria, não pelo dinheiro, mas pela confiança e por saber que pessoas boas acreditam no nosso potencial, mesmo para grandes desafios! Não devemos diminuir nem menosprezar o sofrimento do animal e da tutora. É muito importante que as pessoas saibam disso", disse o veterinário nas redes sociais.

Somados o dia de internação e a consulta, o tratamento dado à abelha custou R$ 350.

Fonte: BNews




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA