Adolescente de 15 anos é morta a tiros em Salvador; namorado é suspeito de cometer crime


Uma adolescente de 15 anos, identificada como Leidiane Vitória Cristo de Souza, foi morta a tiros dentro de uma casa na noite de quinta-feira (9), no bairro Santa Mônica, em Salvador. Segundo a Polícia Civil, ela foi assassinada pelo namorado, de 19 anos, que fugiu após o crime e é procurado nesta sexta (10).

De acordo com a família da adolescente, Leidiane foi assassinada após tentar ver mensagens no celular do namorado, identificado como Fabrício Silva dos Santos. Ele teria não gostado da situação e atirou algumas vezes contra a jovem.

"Eu sempre falava para ela: 'Minha filha, larga esse cara, ele não presta para você'. Ele sempre ameaçava ela por trás, dizia que ia fazer coisas comigo, com minha esposa, e a gente sempre pegando ela e levando para casa", relatou o pai da vítima, Edenilton Souza.

"Ele é muito violento. Até a mãe dele me falou que ele não presta, que tentou bater nela, e é um ex-comungado. Também tentou bater na avó dele", afirmou.

Conforme parentes, Leidiane Vitória estava no banheiro da casa do namorado e segurava a filha do casal, que tem oito meses, quando foi baleada. Ao ser atingida, a adolescente caiu e cortou a cabeça, que bater no vaso sanitário. A bebê também caiu no chão e teve escoriações pelo corpo, mas passa bem e está com a família materna.

"Eu quero que todas as autoridades corram atrás desse vagabundo, porque ele vai pagar pelo que fez com minha filha. Tenho certeza. Depois que atirou na minha filha, ele fugiu e ninguém sabe o paradeiro dela.

O crime aconteceu na rua Doutor Aristides de Oliveira, onde as famílias da vítima e do suspeito moram. Edenilton contou que a filha terminou o relacionamento algumas vezes, mas reatou após receber ameaças.

"Ela dizia que não ia voltar, mas ele ligava insistindo. Ligava falando que ia matar se ela não voltasse. Pois, agora ele cumpriu o que queria fazer. Leidiane foi tudo para mim, e ele conseguiu tirar um pedaço de mim", afirmou.

Em nota, a Polícia Civil informou que o crime é investigado como feminicídio na 3ª Delegacia de Homicídios.
Fonte: G1









Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA