Solidariedade da Sorte


Foi preso na tarde dessa segunda-feira, 18 de julho de 2022, Elionai de Jesus Santos, 28 anos, morava em Simões Filho, e recentemente está residindo em Campo Formoso, ele é acusado de tentar matar a golpes de arma branca tipo faca, um homem de 47 anos, fato ocorrido no último sábado, na feira livre de Campo Formoso, na investida a arma chegou a quebrar, a PM que realizava a “Operação Feira Livre”, ao tomar conhecimento esteve no local, porém o autor se evadiu, mas logo foi capturado e apresentado na DT/Bonfim, onde não ficou preso.

á no domingo (17), por volta das 16h20min, a PM em Campo Formoso foi acionada para verificar um corpo encontrado atrás do Clube Juá, naquela cidade, tratando se de Luvas Felipe Viana de Santana,  29 anos, morto a pedradas. Após investigações da Polícia Civil que chegou a autoria do crime, identificando e prendendo novamente Elionai de Jesus Santos, 28 anos, que havia sido solto após tentar matar um homem na feira de Campo Formoso, no dia anterior.

Segundo a polícia, Elionai confessou o crime, o que teria sido por motivo torpe, sendo enquadrado no Artigo 121, § 2º, INCISOS I, II, IV e V do Código Penal.

Art. 121. Matar alguem:

§ 2° Se o homicídio é cometido:
I - mediante paga ou promessa de recompensa, ou por outro motivo torpe;
II - por motivo futil;
IV - à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossivel a defesa do ofendido;
V - para assegurar a execução, a ocultação, a impunidade ou vantagem de outro crime:

Pena - reclusão, de doze a trinta anos.

O crime foi comentado também nas redes sociais, e uma mensagem diz o seguinte: “Disse que ele chamou pra terem relação, aí foram fizeram e ele pegou o dinheiro da mão do Lucas, aí disse que deu a primeira pedrada, aí ele caiu se tremendo, aí ele foi e deu outra achando que ele ‘tava’ vivo ainda”, trecho das redes sociais.


Vamos parar para pensar, um pouco: após prisões, criminosos são levados perante um juiz para ter a “audiência de custódia”, conforme consta na Lei nº 13.964, de 2019, Art. 310 do Código Penal. O relaxamento de prisões tem sido uma das formas mais fáceis de tentar assegurar o direito do apresentado, o que para as polícias tem sido considerado um “enxuga gelo”, e tal ato de soltar criminosos em audiência de custódia, voltando aqui para o caso de Campo Formoso, custou a vida de Lulas Felipe Viana de Santana, 29 anos, pois se Elionai estivesse preso após esfaquear uma vítima na feira livre no dia anterior, o homicídio por menor ou maior que tenha sido o motivo talvez não tivesse ocorrido.

O autor encontra-se custodiado, a disposição da justiça, que novamente deve realizar nova audiência de custódia...

Fonte: Netto Maravilha

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

PI 39456 MOYA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA