Solidariedade da Sorte

Reprodução/G1

Uma mulher de 23 anos, mantida em cárcere privado pelo próprio marido, conseguiu ser resgatada após jogar um bilhete no quintal da vizinha. O resgate aconteceu na tarde desta terça-feira (12/7) em José Bonifácio, interior de São Paulo.

“Oi, sou sua vizinha. Tô presa dentro de casa com duas crianças. Pode chamar a polícia para mim? Tô correndo risco de morte”, diz o bilhete ao qual o G1 teve acesso. A mensagem foi escrita em um papel, dobrado e preso com um elástico em um objeto mais pesado.

O nome da lei homenageia Maria da Penha, mulher sofreu tentativa de feminicídio, em 1983, que a deixou paraplégica. O caso ganhou repercussão internacional e foi denunciado à Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) Paulo H. Carvalho/Agência Brasil

Segundo a PM informou ao G1, o marido da mulher, de 64 anos, teria feito uma ameaça. Ele disse que iria matar a esposa quando voltasse do trabalho. As filhas da mulher de 2 e 7 anos ficavam presas com ela.

A casa tinha muro alto, câmeras e grades nas janelas. A mulher disse que estava presa há anos e que chegou a perder a noção do tempo. A vizinha achou o bilhete e chamou a polícia, que prendeu o homem no trabalho dele. O marido justificou que tinha muito ciúmes. Ele vai responder por cárcere privado.

Fonte: Metrópoles

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

PI 39456 MOYA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA