Solidariedade da Sorte


Na próxima quarta-feira (20 /07), a comissão processante do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal irá ouvir testemunhas que presenciaram a suposta agressão do vereador Valnei dos Anjos, filiado ao Partido Comunista do Brasil (PC do B), contra a servidora pública Ellen Mascarenhas, atual coordenadora de Comunicação da Prefeitura de Jacobina.

De acordo com informações levantadas pelo blog Jacobina 24 Horas junto a membros da Comissão, na próxima semana, serão realizadas oitivas com membros da Guarda Municipal, que estavam presentes no local, e com o DJ Suris, que fazia companhia a vítima no momento em que ela teria sido abordada e agredida pelo vereador Valnei dos Anjos, conforme mostram as imagens das câmeras de monitoramento instaladas no Parque de Exposições, onde acontecia uma festa junina promovida pela Prefeitura de Jacobina.

Na audiência desta quarta-feira (13), presidida pela vereadora Adriana Alves (Cidadania), com a participação da relatora Simone Souza (PTC) e do membro Zé do Povo (PTC), a servidora Ellen Mascarenhas confirmou que foi agredida “física e verbalmente” pelo vereador Valnei dos Anjos, conforme já havia dito em depoimento à polícia.

Na companhia da mãe, a serventuária Vera Neuza, Ellen Mascarenhas afirmou que não tinha nenhum problema pessoal com o acusado, porém, ressaltou que nunca recebeu tratamento adequado do vereador Valnei dos Anjos, que sempre a tratou com indiferença.

Realizada no auditório Jayme D’Almeida Cruz, na sede da Câmara Municipal, a oitiva da vítima foi acompanhada também pelos advogados Durval Borges e Arlindo Galdino, procuradores do Poder Legislativo, e pelo bacharel Joanderson Gomes, advogado do acusado. Representantes do Movimento de Mulheres e membros da imprensa também estiverem presentes.
Fonte: Jacobina 24h 

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

CAMARA DE JACOBINA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA