Solidariedade da Sorte


Vereador da cidade de Jacobina, no Centro Norte da Chapada, Valnei dos Anjos (PCdoB), é suspeito de agressão física contra uma servidora da prefeitura do município. A vítima é a diretora de comunicação da prefeitura, Ellen Mascarenhas. O caso ocorreu na noite do último domingo (5), durante o Arraiá de Santo Antônio, evento promovido pela gestão municipal.

Valnei é ligado ao prefeio Tiago Dias (PCdoB), mas ainda não se pronunciou sobre o caso. A reportagem tentou contato com o parlamentar, mas até a publicação não obteve resposta.

Ao BNews, Ellen relatou o caso e afirmou que o vereador estava alcoolizado e a agrediu com socos e empurrões durante o evento.

"Eu estava me dirigindo ao estande de alimentação do evento. No caminho, encontro com o vereador e ele foi cumprimentar uma pessoa que estava comigo. Em seguida, ele pisou em meu pé e eu perguntei se ele iria me derrubar. Ele estava alcoolizado e começou a me xingar. Pedi pra ele ficar longe de mim. Daí ele me pegou pelo braço e me jogou numa cerca, me sacudiu e me deu um soco na cabeça", disse Ellen.

"Vou prestar queixa contra ele ainda, estou aguardando minha advogada e também ainda estou sem condições de sair de casa. O prefeito me procurou para saber o que aconteceu e me disse que eu estava livre para tomar minhas decisões e me apoiaria. Me ofereceu suporte. Ele e toda a prefeitura", pontuou a servidora.

Em nota, a Câmara Municipal de Jacobina se pronunciou sobre o caso, alegando que a denúncia encontra-se em apuração pelos órgãos competentes, "e assim que apurados e confirmados pelos representantes legais, serão tomadas as medidas administrativas e judiciais".

Atrtavés do presidente Juliano Cruz, a casa legislativa repudiou o ato e manifestações que aprofundem a desigualdades, o desrespeito, o preconceito e a violência contra as mulheres, cumprindo o dever de zelar pela garantia e direitos fundamentais e reforçou que todos os esforços serão feitos em defesa dos avanços alcançados por meio de políticas públicas de proteção das mulheres.

Também em nota, o Diretório Municipal do PCdoB, repudiou o ocorido e disse que acompanha com preocupação e atenção o caso. A sigla destaca que, se comprovada a suposta agressão, "serão adotadas as devidas medidas disciplinares pelo partido".


Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

CAMARA DE JACOBINA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA