Solidariedade da Sorte


(Reprodução)

O ex-jogador Richarlyson declarou em entrevista ao podcast No Armário dos Vestiários, da Globo, que é bissexual. Hoje comentarista nos canais da emissora, ele falou pela primeira vez de maneira aberta sobre sua sexualidade.

Ele falou dos boatos que sempre o cercaram e disse que já sabe que a notícia será recebida com comentários como "nossa, mas jura?".

“A vida inteira me perguntaram se sou gay. Eu já me relacionei com homem e já me relacionei com mulher também. Só que aí eu falo hoje aqui e daqui a pouco estará estampada a notícia: ‘Richarlyson é bissexual’. E o meme já vem pronto. Dirão: ‘Nossa, mas jura? Eu nem imaginava", afirmou.

O ex-atleta afirmou que mesmo com a avalanche de notícias que sua declaração iria gerar, duvida que isso vá contribuir para alguma mudança no que realmente importante, combatendo a homofobia. "Cara, eu sou normal, eu tenho vontades e desejos. Já namorei homem, já namorei mulher, mas e aí? Vai fazer o quê? Nada. Vai pintar uma manchete que o Richarlyson falou em um podcast que é bissexual. Legal. E aí vai chover de reportagens, e o mais importante, que é pauta, não vai mudar, que é a questão da homofobia. Infelizmente, o mundo não está preparado para ter essa discussão e lidar com naturalidade com isso”, diz.

“Pelo tanto de pessoas que falam que é importante meu posicionamento, hoje eu resolvi falar: sou bissexual. Se era isso que faltava, ok. Pronto. Agora eu quero ver se realmente vai melhorar, porque é esse o meu questionamento”, acrescentou.

Ele finalizou falando que acha que rótulos não são sempre necessários. "Você me entende por que eu acho que é desnecessário às vezes você se rotular? Tem uma questão mais importante, tem gente morrendo, o Brasil é o país que mais mata homossexuais. E a gente está aqui falando de futebol, ok, mas o futebol é um negocinho pequeno. Ah, mas sua fala pode ajudar. Não, não vai ajudar. Quem é Richarlyson, pelo amor de Deus?! Sou um mero cidadão comum, que teve uma história bacana no futebol, mas eu não vou poder mover montanhas para que acabem esses crimes, para que acabe a homofobia no futebol".

Agora, Richarlyson se tornou o primeiro jogador com passagem pela Série A do Brasileiro e pela seleção brasileira a se declarar LGBTQ.

O ex-volante se aposentou no ano passado, depois de uma carreira de sucesso com passagens pelo São Paulo e pelo Atlético-MG.

Fonte: Correio

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

PI 39456 MOYA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA