Solidariedade da Sorte

Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro está se preparando para gravar seu nome no projeto da transposição do São Francisco, iniciada no governo Fernando Henrique Cardoso (FHC) e concluída por Michel Temer, com a chegada das águas na cidade de Monteiro, na Paraíba. Em Pernambuco, o projeto é conhecido pelo Eixo Norte, que leva água para a Paraíba e o Rio Grande do Norte, e o Eixo Leste, que leva água para o Ceará.

A novidade é que finalmente Bolsonaro vai tirar do papel o Eixo Sul, que levará água para a Bahia. A informação é do Blog de Jamildo.

De acordo com o blog, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), controlada pelo Centrão, sob Bolsonaro, já contratou o projeto executivo da nova obra, última etapa antes do início propriamente dito dos canais. A elaboração dos projetos e do EIA-Rima ajuda a definir o percurso do canal e para definição do custo da obra.

"A Codevasf contratou no início do ano o projeto executivo do canal do sertão baiano (Eixo Sul da Transposição), salvo engano por R$ 12 milhões de reais. Deve ficar pronto em um ano e meio e, assim que finalizado, a Codevasf irá licitar a obra. Isso é o governo Bolsonaro priorizando a segurança hídrica do Nordeste Brasileiro", afirma o ministro Daniel Ferreira.

"Qualquer coisa que você otimize a água do São Francisco será fundamental porque hoje a maior parte da água vai para o mar. Será a redenção do Nordeste. Nós estamos trabalhando pela criação de um Eixo Oeste, que vai levar água até o Piaui, passando por Araripina", explica o ex-ministro do Turismo de Bolsonaro, Gilson Machado.

Segundo o blog, a obra contribuirá para a segurança hídrica na Bahia, que tem o maior território no semiárido. Na época, as obras do eixo Norte e Leste da transposição do Rio São Francisco não chegavam, no entanto, a 40% de finalização, de acordo com informação oficial do próprio ministério.
Fonte: BNews

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

CAMARA DE JACOBINA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA