Solidariedade da Sorte

Foto: Divulgação

As peças do tabuleiro da política baiana parecem não deixar de se movimentar. Mal chegou no Partido Partido Democrático Trabalhista (PDT) e a vereadora pela cidade de Lauro de Freitas, Débora Regis, já é cotada para compor a chapa majoritária ao lado do ex-prefeito ACM Neto (União Brasil). Ela demonstra interesse e tem total apoio da sigla.

O anúncio resolveria o desejo de Neto em ter uma mulher ao seu lado para concorrer ao governo baiano, mas traria problemas com outras siglas que também desejam a vaga. O pré-candidato tem até 5 de agosto para fazer o anúncio que tem se arrastado ao longo dos últimos meses.

Presidente estadual do partido, o deputado federal Félix Mendonça Júnior afirmou, nesta quarta-feira (12), que um eventual apoio do PDT a ACM Neto não está condicionado à indicação de um nome para a chapa, mas que, se a legenda for consultada, vai fazer a indicação de três nomes.

Além de Débora, o PDT conta com nomes como o da vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos, e o de Andrea Mendonça, ex-vereadora e ex-secretária de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri). Nomes do PDT, no entanto, acreditam que Débora seja o quadro mais viável já que Andrea Mendonça deve se tornar secretária em Salvador e a vice-prefeita tem desempenhado um 'bom papel' aos olhos de Bruno Reis (União).

"Estamos dialogando com o ex-prefeito de Salvador sobre propostas, projetos para a Bahia. Entre as nossas prioridades está avançar na área da educação, setor em que o estado passa vergonha nacionalmente. Mas se Neto quiser ouvir o PDT sobre a vice, temos essas três mulheres de grande valor e que reconhecidamente fazem a política do bem, que servem à população", declarou Félix.

Procurada pelo Bahia Notícias, a vereadora Débora Régis, que é líder da bancada de oposição na Câmara de Lauro e considerada uma das maiores opositora da prefeita Moema Gramacho (PT), disse estar preparada.

"Neto pensa em ter uma mulher compondo a chapa majoritária, o que é importante nesse processo político. Ele sempre fala que tem essa vontade, mas ainda não definiu nomes. A possibilidade é que seja também do PDT. Que possa sair do PDT. Hoje Lauro de Freitas é a maior cidade do PT na Bahia, acredito que seria interessante que esse nome saísse daqui", defendeu.

Ainda de acordo com a vereadora, qualquer que seja o nome, ela segue acreditando no projeto. "Estou para um projeto maior que é Neto governador da Bahia. Se Débora for o nome para compor a chapa e representar as mulheres, aceitarei o desafio com alegria", finalizou.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

MOYA PI 37581

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA