Solidariedade da Sorte

Pouco antes dos disparos, o promotor e sua esposa anunciaram que ela estava grávida por meio de uma foto nas redes sociais / Reprodução Redação

O promotor de Justiça do Paraguai Marcelo Pecci, 45, foi assassinado a tiros nesta terça-feira (10), na Ilha de Baru, um dos principais pontos turísticos da cidade portuária de Cartagena, na Colômbia. Pecci estava com sua esposa grávida, a jornalista Cláudia Aguilera, passando luz de mel na cidade. Ela não foi atingida.

De acordo com a polícia local, dois homens chegaram em uma moto aquática e, da água mesmo, atiraram contra Pecci e fugiram em seguida na mesma embarcação. O promotor é responsável por investigações relacionadas ao crime organizado, incluindo o PCC (Primeiro Comando da Capital), que é uma facção brasileira.

Pouco antes dos disparos, o casal anunciou a gravidez e postou fotos nas redes sociais. Turistas registraram imagens do promotor caído na areia, após ser atingido por três tiros, já sem vida.

Fonte: BNews

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

MOYA PI 37581

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA