Solidariedade da Sorte

O tapa dado por Will Smith ao humorista Chris Rock segue como tema para a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos. Nesta sexta-feira (8/4), o ganhador do Oscar por "King Richard" foi suspenso da cerimônia de premiação e de outros eventos do tipo pelos próximos 10 anos.

Segundo a CNN, a entidade que organiza o Oscar se reuniu virtualmente nesta sexta-feira para discutir ações disciplinares. Smith já havia pedido desculpas pelo tapa e renunciado à Academia, o que faria com que ele não fosse mais jurado ou nominado. Agora, ele não será nem sequer convidado.

Em um comunicado, a academia disse que a celebração foi "ofuscado pelo comportamento inaceitável e prejudicial que vimos Smith exibir no palco". O ator atacou Rock depois que o comediante fez uma piada com a cabeça raspada da companheira de Smith, Jada Smith, resultado da condição de queda de cabelo por alopecia.

Menos de uma hora depois, Will Smith recebeu o prêmio de melhor ator por seu papel em Rei Ricardo, longa em que ele interpreta o pai das estrelas do tênis Venus e Serena Williams. Já Rock, que começou sua última turnê de stand-up comedy logo após a transmissão do Oscar, não comentou publicamente o episódio. Ele disse aos fãs em um show no mês passado que "ainda está processando o que aconteceu" e falará sobre o incidente "em algum momento".

Em sua declaração de renúncia, Smith disse que "traiu a confiança da academia" e estava "de coração partido" por suas ações. Ele acrescentou que "aceitaria totalmente todas e quaisquer consequências pela minha conduta".

HISTÓRICO

Poucos já se demitiram da academia. Quatro membros - o produtor Harvey Weinstein, o ator Bill Cosby, o diretor Roman Polanski e o diretor de fotografia Adam Kimmel - foram punidos por causa de acusações de má conduta sexual, enquanto o ator Carmine Caridi foi expulso em 2004 por piratear vídeos. 

Mas os padrões de conduta estabelecidos pela academia de cinema continham várias opções disciplinares para Smith, como excluí-lo de futuras cerimônias do Oscar, revogar sua elegibilidade para prêmios ou recuperar seu Oscar recém-conquistado.

Na história do prêmio, apenas um Oscar foi retirado; um longa chamado Young Americans ganhou o prêmio de melhor documentário em 1969, mas foi considerado inelegível para o prêmio naquele ano.

Fonte: Aratu On



Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

PI 86258 SLA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA