Solidariedade da Sorte


                                                         Redação

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) afastou, nesta terça-feira (05), 25 estudantes de medicina veterinária responsáveis pela organização e participação em trote violento que resultou em queimaduras de 1º e 2º graus em calouros do curso.

A penalização é de 30 dias. Em nota, a universidade afirmou que a medida foi tomada para que o processo corra dentro da normalidade. Além disso, informou que o afastamento pode ser prorrogado. Houve a abertura de um processo administrativo para apurar as responsabilidades. As vítimas do trote foram dispensadas das aulas para que o tratamento adequado fosse realizado.

O caso aconteceu na última quarta-feira (30) no campus Palotina. Na ocasião, os veteranos jogaram produtos químicos nos recém-chegados, o que gerou queimaduras. As vítimas foram levadas ao hospital municipal. No dia 1º, os estudantes realizaram o corpo de delito no IML.

Quatro estudantes foram presos sob a acusação de constrangimento ilegal e lesão corporal. Na última sexta-feira (08), eles deixaram a prisão, sendo três com pagamento de fiança e uso de tornozeleira e um por decisão judicial.

Fonte: Istoé

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

MOYA PI 37581

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA