Solidariedade da Sorte

Indígena da etnia Pataxó é morto a tiros no sul da Bahia — Foto: Reprodução/Redes Sociais


Um indígena da etnia Pataxó morreu, na madrugada deste domingo (24), após ser baleado, na Aldeia Novos Guerreiros, em Porto Seguro, no sul da Bahia. O crime aconteceu na tarde de sábado (23).

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi identificado como Iris Braz dos Santos, de 44 anos. Ele foi socorrido para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos.

O corpo de Iris Braz foi velado na Aldeia de Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália, e o enterro está previsto para a tarde deste domingo, no cemitério de Coroa Vermelha.

O caso será investigado pela 1ª Delegacia Territorial (DT) de Porto Seguro.

Jovem pataxó morto a tiros

Jovem pataxó é morto a tiros após reclamar de som alto durante festa particular no sul da Bahia — Foto: Redes sociais

O cacique Sytatã Pataxó afirmou que Iris Braz era tio do jovem indígena Vitor Braz, de 22 anos, que foi morto a tiros em março deste ano, após reclamar do som alto durante a realização de uma festa.

De acordo com os pataxós, a área onde acontecia o evento é um território indígena ainda não homologado.

Apesar do parentesco, não há informações se a morte do tio tem ligação com o assassinato do sobrinho.


Fonte: g1 Bahia.

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

MOYA PI 37581

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA