Solidariedade da Sorte


Vereadores da Câmara Municipal de Acajutiba, no Agreste baiano, foram às vias de fato em sessão da noite desta quarta-feira (6). O fato ocorreu quando eles votavam para eleger a próxima legislatura da Casa, no caso, para o biênio 2023-2024.

Até então, só havia uma chapa inscrita, a do atual presidente Reginaldo Neres, o Regis dos Trailer (PP), o que motivou a confusão. O vereador Silvio dos Santos, o Sílvio do Coco (PP), usava a palavra questionando a legitimidade do processo.

O edil reprovava o anúncio da eleição na mesma quarta, sem aviso oficial a cada vereador. Regis dos Trailer soltou um “não posso fazer nada”, quando outro colega, José Edson dos Santos, o Zé de Dodô (MDB), declarou: “Não vai continuar não. Pode parar... Cadê minha chapa”.

A leitura da sessão era lida por uma funcionária que foi surpreendida por Zé de Dodô que apanhou os papéis e logo em seguida rasgou os documentos.

Mesmo assim, o presidente deu sequência à eleição e no pedido do terceiro voto, a confusão se instalou, com o presidente da Casa e Zé de Dodô trocando empurrões, ao passo que Silvio do Coco tirou o microfone. A sessão foi interrompida neste momento.
Fonte: Bahia Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

PI 86258 SLA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA