Solidariedade da Sorte


Foto: Pixabay

A infecção pelo coronavírus pode afetar os testículos, segundo um estudo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Conforme a pesquisa liderada pelo Instituto de Ciências Biológicas (ICB), o vírus é capaz de se replicar e permanecer ativo nas glândulas sexuais masculinas, mesmo muito tempo depois da infecção.

De acordo com o Metropoles, parceiro do Bahia Notícias, os pesquisadores estudaram testículos de 11 pessoas que morreram por complicações da Covid-19 sem receber vacina.

O estudo foi coordenado pelos professores Guilherme Mattos Jardim Costa e Samyra Lacerda, do Departamento de Morfologia do ICB-UFMG, com participação do urologista Marcelo Horta Furtado.

Guilherme, que é mestre e doutor em Ciências Biológicas, explica que a Covid-19 pode gerar complicações nos testículos. “Conseguimos ainda mostrar que o Sars-CoV-2 tem preferência pelas células que produzem os espermatozoides e promove inflamação dos tecidos, provocando hemorragia e fibroses como as que acontecem no pulmão”, afirma.

O estudo mostra ainda que entre as modificações causadas pela infecção, pode ser apresentada perda massiva das células que geram espermatozoides e inibição daquelas que produzem a testosterona.

Fonte: Metrópoles

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

MOYA PI 37581

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA