Solidariedade da Sorte


A Câmara de Vereadores de Jacobina aprovou nesta quinta-feira (31/3), por unanimidade, o reajuste no Piso Salarial do Magistério do município. O projeto de lei (PL) 09, de 21 de março de 2022, de autoria do Poder Executivo, foi aprovado em dois turnos após dispensa de interstício.

Agora, para entrar em vigor, o PL deverá ser sancionado pelo prefeito Tiago Dias. O chefe do Executivo municipal já havia anunciado, no dia 1º de março, que a prefeitura vai pagar o salario dos professores com o novo reajuste (confira a matéria).

A presidente da APLB Sindicato, Maria da Glória, falou sobre a aprovação com o repórter Paulo Mateus, do Jacobina Notícias.

"É uma grande conquista. O piso, ele é nacional e foi estabelecido o reajuste de 33,24%. Esse reajuste se refere ao salário-base, ao Nível 1, referente ao ano 2020, que nós não tivemos aumento, e 2022. Então, tá garantido no nosso plano de carreira e hoje, na sessão aqui, os vereadores aprovaram com dispensa de interstício. Ou seja, a gestão [prefeitura] quando anunciou esse pagamento do piso, teria que ter mandado há mais tempo esse projeto aqui para a Câmara, para ser aprovado. Aí, mandou já em cima da hora, e os vereadores entenderam a importância, que é lei federal, e fizeram essa dispensa de interstício. Então, tá aprovado, agora cabe a gestão pagar, cumprir a lei do piso no município de Jacobina", disse.

Em fevereiro, o governo federal oficializou o reajuste em 33,24%. Desde que entrou em vigor, em todo o país, os profissionais da Educação reivindicam das prefeituras o reajuste nos salários. Em diversos municípios, inclusive na microrregião de Jacobina, o reajuste ainda não foi repassado aos profissionais.

Por Jacobina Notícias / Foto: Paulo Mateus

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

MOYA PI 37581

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA