Solidariedade da Sorte


Policial civil volta atrás e nega morte cerebral de agente envolvido em acidente na Chapada Diamantina — Foto: Redes sociais


Após divulgar a morte cerebral do investigador Yago da França Souza Avelar, no último sábado (5), a Polícia Civil divulgou nota, na noite desta terça-feira (8), onde diz que um médico da equipe que atende o policial, no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, decidiu pedir novos exames antes de atestar a morte cerebral. O policial é uma vítimas do acidente que matou outros dois agentes na última sexta-feira, na BA-233.

"No sábado (5), a equipe médica que tratava o servidor informou à família e ao Departamento Médico da Polícia Civil sobre a morte encefálica, sendo iniciado o processo de realização do protocolo de morte encefálica, que inclui exames clínicos e complementares, como de imagem, por exemplo. Um médico, então, decidiu solicitar novos procedimentos e investigar o estado de saúde do servidor de maneira mais aprofundada antes de atestar o encerramento de suas atividades cerebrais", diz a nota divulgada pela polícia nesta terça.

A nota diz ainda que "como em todo quadro clínico, é possível haver desdobramentos imprevistos". A Polícia Civil da Bahia afirma ainda que segue aguardando novos posicionamentos da equipe médica e diz que "ora" pela mudança do quadro.

Policial civil de 39 anos segue internado no HGE — Foto: Redes sociais

No mesmo acidente onde Yago da França Souza Avelar ficou ferido, outros dois policiais, identificados como Kleber Correia Cardoso, de 42 anos, e Matheus Guedes Malta Argolo, de 31, morreram no local. Eles eram lotados na 13ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Seabra)

A informação da morte cerebral do agente foi dada por amigos da vítima, que informaram que ele sofreu morte cerebral, e confirmada pela Polícia Civil. A Delegada-Geral Heloísa Campos de Brito chegou a lamentar a situação.

Yago da França Souza Avelar tem 39 anos, é casado e não tem filhos. Ligado a atividades culturais, ele desenvolve atividades percussivas e fez parte do Grupo Ganhadeiras de Itapuã.

Homem preso no hospital

Além da informação sobre a não confirmação da morte cerebral do policial, a Polícia Civil informou que um homem foi preso nesta terça-feira, enquanto se passava por um médico para ter acesso a informações sobre o estado de saúde do agente.

Segundo a polícia, o homem estava vestido de jaleco e usava um estetoscópio. Dessa forma, ele teve acesso à UTI onde o policial está internado e passou a fornecer informações a familiares sobre o quadro de saúde do investigador.

Segundo a polícia, o falso médio também divulgou áudios dando informações falsas sobre o estado de saúde do policial. Uma familiar do policial, que é médica, desconfiou de algumas declarações do falsário, e policiais civis de Seabra, que estavam no hospital, abordaram o homem.

Ele portava apenas uma cédula de identidade da Argentina e não apresentou nenhum tipo de documento que o habilitasse para o exercício da medicina. O homem foi apresentado na 1ª Delegacia Territorial (DT/Barris), onde foi autuado em flagrante por exercício ilegal da profissão e falsidade ideológica. A Delegacia instaurou inquérito e vai apurar também o acesso ao HGE.

Acidente

Três policiais morreram após o acidente — Foto: Redes sociais


O caso ocorreu na manhã de sexta-feira (4), na BA-233, no trecho do povoado Alto Vermelho/Santa Quitéria, entre as cidades de Itaberaba e Ipirá. Ainda não há detalhes sobre as causas do acidente, que serão investigadas pela Polícia Civil.

A viatura onde os policiais estavam teve o eixo traseiro e a roda dianteira arrancada com o impacto da colisão. O veículo seguia de Ipirá para Salvador quando capotou. Os agentes transportavam quatro presos para a sede do Serviço de Polícia Interestadual (Polinter).

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, os homens ficaram feridos no acidente e foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itaberaba. Um deles foi liberado e está preso na delegacia da cidade cidade. Dois foram transferidos para o Hospital Geral do Estado e o último segue na UPA do município. Não há detalhes sobre o estado de saúde eles.

Fonte: g1 Bahia.

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

MOYA PI 37581

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA