Solidariedade da Sorte

Especialistas criaram uma forma padronizada de avaliar a pegada de carbono e o impacto nutricional de quase 6 mil alimentos. (Crédito: Reprodução/Pexels)

Cada cachorro-quente que uma pessoa come encurta sua vida em 36 minutos, de acordo com um novo estudo. Mas não precisa deixar de comer salsicha nunca mais. Também é possível adicionar minutos à sua expectativa de vida saudável comendo alimentos melhores. Uma porção de nozes, por exemplo, adiciona quase 26 minutos, enquanto um sanduíche de manteiga de amendoim e geleia dá a uma pessoa mais de meia hora de vida extra.

As descobertas vêm de especialistas da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, que criaram uma forma padronizada de avaliar a pegada de carbono e o impacto nutricional de quase 6 mil alimentos.

Seu índice nutricional de saúde foi concentrado em encontrar uma maneira de calcular a influência direta de várias refeições, lanches e bebidas. Ele funciona calculando a carga de saúde de um grama de qualquer alimento e, em seguida, aumentando para uma porção padrão.

“Por exemplo, descobrimos que, em média, 0,45 minutos são perdidos por grama de qualquer carne processada que uma pessoa come nos Estados Unidos”, escreveram os autores do estudo.
Fonte: Istoé Dinheiro

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

CAMARA DE JACOBINA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA