Solidariedade da Sorte


Diagnosticado com câncer no pâncreas, diabetes e hipertensão, o idoso José Barbosa de Sá, de 64 anos, esperou por quase cinco horas nesta segunda-feira (10), por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Juazeiro, no Norte da Bahia.

O paciente, que reside no distrito de Maniçoba, zona rural, começou a passar mal ainda durante a madrugada, e os familiares acionaram o serviço.

“Liguei para eles às 5h40 de hoje, e passamos horas esperando. Meu pai tem câncer e está muito fragilizado, vomitando sangue puro. Aqui em maniçoba, onde ele mora, a única ambulância que atende a comunidade está em salvador. Ligamos várias vezes para o SAMU e eles alegavam que haviam pegado o paciente errado. Um erro que poderia ter custado a vida do meu pai”, relatou Maria Auxiliadora, filha do idoso.

Ainda de acordo com ela, a ambulância do SAMU só chegou ao local quase às 9h30.

“Sei que a demanda é grande, mas é inadmissível um paciente que está passando mal, vomitando sangue, esperar de 5h40 até 9h24 por socorro. Eu realmente achei que meu pai iria morrer em casa”, acrescentou.

O PNB já encaminhou a reclamação para a Secretaria de Saúde de Juazeiro. Em resposta o órgão informou que “foi enviada uma ambulância para o atendimento ao referido paciente. Porém, ao chegar na comunidade, foi abordada por uma pessoa, dizendo se familiar deste paciente e conduziu a equipe ao atendimento. Porém, tratava- se de outra pessoa. A equipe enviou uma outra ambulância e realizou os dois atendimentos”.

Fonte: Cleber Vieira News

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

CAMARA DE JACOBINA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA