Solidariedade da Sorte


Lutador de MMA Antônio "Malvado" Trocoli voltou a se manifestar sobre a morte do pai dele — Foto: Reprodução / Redes Sociais

"Podem ter a certeza que a vida não é nada, e eu estou aqui para morrer como meu pai morreu, mas não vou abaixar a minha cabeça para nenhum de vocês. Vocês mataram um cara bom, e isso não vai ficar assim". O lutador de MMA Antônio "Malvado" Trocoli voltou a se manifestar neste domingo (19) sobre a morte do pai dele, que aconteceu durante uma ação policial em Salvador.

Na última sexta-feira (17), o Ministério Público da Bahia (MP-BA) informou que está ciente da morte de Antonio José Trocoli da Silveira. O órgão ainda detalhou que instaurou um inquérito para apurar a caso.

Antonio José Trocoli, 56 anos, era servidor do Tribunal de Contas da Bahia e morreu durante uma ação policial realizada na Avenida Garibaldi, na noite de quarta-feira (15).

Sepultamento do servidor Antonio José Trocoli, pai do lutador de MMA Antônio Malvado — Foto: Lisboa Júnior/TV Bahia

O velório dele foi realizado no final da manhã de sexta-feira (17) e o sepultamento ocorreu às 15h, no Cemitério Jardim da Saudade, na capital baiana.

Antonio deixou esposa e quatro filhos, um deles é o lutador de MMA Antônio "Malvado" Trocoli, que questionou a versão da PM. Segundo policiais, o servidor teria sacado um simulacro de arma durante ação dos agentes.

Família contesta versão

Pai do lutador de MMA Antônio 'Malvado' Trocoli morre em ação policial na BA — Foto: Redes Sociais/TV Bahia

Os familiares do servidor negam que ele tenha sacado um simulacro de arma de fogo durante abordagem.

Em uma de suas redes sociais, o lutador Antônio "Malvado" postou uma série de publicações em uma rede social, onde contesta a versão da PM. Ele divulgou um vídeo com o suposto momento da operação que resultou na morte do pai.

Nas imagens, um homem, aparece com as mãos na cabeça. A família diz que quem aparece no vídeo é Antonio José. Em uma das imagens, onde não é possível ver o homem rendido, tiros são ouvidos. O lutador escreveu nos vídeos: ‘Com a mão na cabeça? Isso é defesa aonde?’.

Pai do lutador de MMA Antônio 'Malvado' Trocoli morre em ação policial na BA; PM diz que homem reagiu a abordagem — Foto: Redes Sociais

Em contato com o g1, o lutador se mostrou revoltado com a situação. "Ninguém havia contestado, mas agora tem o vídeo. O vídeo mostra o que aconteceu, mostra meu pai rendido. Nós, da família vamos tomar providências", contou o lutador.

O irmão do servidor, Álvaro Silveira também questiona a versão da PM. "Eu não posso acreditar e não quero acreditar que um homem de 56 anos ia apontar uma arma de brinquedo para não sei quantos policiais. Tem que saber o que aconteceu. Tudo tem que ser apurado", disse Álvaro.

A Polícia Militar afirma que Antonio José estaria agredindo pedestres em via pública na praça. Uma viatura teria ido ao local e ao identificarem o homem, os PMs teriam ordenado que o Antonio José colocasse as mãos sobre a cabeça para a abordagem. Porém, ele teria sacado uma arma de forma abrupta, e os militares reagiram. Ele foi baleado.

Homem morto em ação policial era pai do lutador Antônio Trocoli — Foto: UFC

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a socorrer Antonio José Trocoli da Silveira para o Hospital Geral do Estado, mas ele não resistiu aos ferimentos.

A PM disse que após a ação, foi identificado que o objeto usado por Antonio José era um simulacro de arma de fogo. O caso foi registrado na Corregedoria da Polícia Militar, que também vai analisar e apurar os vídeos divulgados nas redes sociais. Em nota, a corporação disse que "após todo auto de resistência é instaurado um inquérito policial para apurar as circunstâncias da ocorrência".

Fonte: g1 Bahia

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

PI 86258 SLA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA