Solidariedade da Sorte

Foto: Reprodução/TJRS

 Após quase nove anos do incêndio que matou 242 pessoas, o Tribunal do Júri do Foro Central de Porto Alegre condenou os quatro réus acusados na tragédia da boate Kiss. A sentença começou a ser lida na tarde desta sexta-feira (10) depois de 10 dias de julgamento. 

Foram sentenciados os dois sócios da boate — Elissandro Callegaro Spohr, conhecido por Kiko, e Mauro Londero Hoffmann — e dois integrantes da banda Gurizada Fandangueira — o produtor Luciano Bonilha Leão e o vocalista, Marcelo de Jesus dos Santos.

O incêndio na madrugada de 27 de janeiro de 2013 em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, deixou 242 pessoas mortas e outras 636 feridas. As vítimas, em sua maioria, eram jovens estudantes com idades entre 17 e 30 anos, moradores da cidade universitária.

Fonte: Metro 1


Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

TEMPO PI - 32135

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA