Solidariedade da Sorte


A manifestação realizada nesta quinta-feira (30), onde mais de 100 pessoas pediram justiça pelas vítimas da tragédia ocorrida há oito dias na loja Verdes Mares, em Jacobina, teve a participação de membros da família Laranjeira. Eles ainda enfrentam a dor de duas perdas trágicas no trânsito de Jacobina, e se solidarizaram com as famílias das três vítimas.

Na noite do dia 25 de abril desse ano, um veículo em alta velocidade, conduzido por um homem na BR-324, atingiu a traseira do carro em que estavam mulheres e crianças. Elas retornavam do distrito de Itaitu, região turística de Jacobina, depois de um dia de lazer em família. A violência do impacto causou as mortes de duas pessoas, entre elas uma criança. 

As vítimas, Lorena Laranjeira, de 20 anos, e Lara Laranjeira, 10 anos, que eram tia e sobrinha, estavam no banco de trás do veículo atingido e não resistiram aos ferimentos. O motorista que atingiu o carro da família deixou o local do acidente sem prestar socorro às vítimas. Há época, houve grande comoção em toda a cidade.

O homem, que não passou pelo teste do bafômetro por não ter sido encontrado no local da colisão, se apresentou alguns dias depois à polícia, acompanhado de um advogado. Segundo a família, ele nunca foi responsabilizado pelas mortes.

Fonte: Jacobina Notícias 




Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

TEMPO PI - 32135

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA