Solidariedade da Sorte

Reprodução Instagram

Meses após se tornar protagonista de uma das maiores polêmicas da música em 2021 ao denunciar a agressão praticada pelo ex-marido, o músico DJ Ivis, Pamella Holanda vive o próprio recomeço.

"Hoje sou outra pessoa, me libertei, realmente saí do casulo. Sou uma mulher maior, melhor, sou mãe, tenho minha profissão, trabalho. A gente está aqui para ser feliz", disse em entrevista ao SBT.

A arquiteta anunciou no programa 'Vem Pra Cá', do SBT, a criação de um projeto social para ajudar outras mulheres vítimas de violência doméstica.

O projeto surge da necessidade percebida por Pamella da criação de uma rede de apoio para mulheres na mesma situação que ela. Segundo ela, o medo do julgamento a fez demorar de denunciar a agressão.

"Eu tinha medo das pessoas não acreditarem na situação. No dia que fui na delegacia, eu dei sorte, pois era uma delegacia com muitas mulheres. Eu estava sozinha e eu fui acolhida por uma mulher. Isso fez muita diferença [...] A mulher em si não pode esperar por justiça, por governo, por lei, ou por alguém que vá lá e a retire da situação. Ela tem que agir por conta própria".

Durante a entrevista, Pamella falou sobre sua decisão de tornar público o crime cometido pelo ex-marido.

"Quando percebi que minha filha estava crescendo e entendendo as coisas, vi que não ia ser mais saudável para mim e para ela. Eu sentia vergonha da situação por conta do quanto eu mesma me diminuía e me deixava ser diminuída dentro daquela relação. Depois que a gente sai, a gente consegue enxergar as coisas de uma maneira melhor".
Fonte: Bahia Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

PI 39456 MOYA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA