Solidariedade da Sorte

No Barradão Fabinho protege a bola durante jogo contra o Botafogo-PB, na pré-Copa do Nordeste (PIETRO CARPI / ECV)

O Vitória decepcionou o torcedor e foi eliminado da pré-Copa do Nordeste pelo Botafogo-PB, que ficou com a vaga para disputar o torneio nacional no ano que vem. O rubro-negro chegou a marcar dois gols no primeiro tempo, com Raul Prata e Fernando Neto, mas voltou com postura diferente para a etapa final e cedeu o empate ao visitante, no Barradão.

Após o apito final, o técnico Wagner Lopes admitiu que a equipe vacilou na noite desta quinta-feira (18). "Eu sempre prego e exijo que meus jogadores tenham o máximo de respeito com o adversário. Jamais me passou pela cabeça que a gente fosse baixar a intensidade no segundo tempo. A orientação nossa era para que a gente mantivesse a atenção, concentração, e jogasse para frente, buscasse o resultado", afirmou o treinador.

"Dois a zero parece um resultado confortável, mas não é. Então eu sempre chamo atenção para que a gente entre concentrado. Na maioria das vezes, os primeiros seis minutos do segundo tempo e os últimos seis minutos são onde acontecem os vacilos. Nós vacilamos em algumas situações", completou Wagner Lopes.

Como o jogo de ida tinha terminado empatado em 1x1, em João Pessoa, o novo empate levou a decisão para os pênaltis. Nessa ordem, converteram Raul Prata, Manoel, Thalisson Kelven, David e Wallace para o Vitória.

Pelo Botafogo-PB, Sávio, Esquerdinha, Cleyton, Tsunami e Welton Felipe marcaram. Na cobrança alternada, Renan Luís bateu e Paulo Gianezini defendeu. Na sequência, o próprio goleiro do Belo cobrou e garantiu a classificação da equipe paraibana.

O Vitória volta a campo na segunda-feira (22), às 18h, quando vira a chave para disputar a penúltima rodada da Série B do Brasileiro, contra o CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Com 40 pontos, o rubro-negro ocupa a 18ª colocação e luta contra o rebaixamento à terceira divisão nacional.

"Tem que virar o chip, trocar. Não adianta a gente ficar pensando no que aconteceu. É concentrar. A gente vai viajar para Maceió. Ficar concentrado e manter a intensidade. É um jogo fundamental. A gente vai para Maceió sabendo da importância de trazer um resultado positivo de lá. É mudar a mentalidade, descansar. Pensamento positivo e fazer o nosso melhor lá para deixar o Vitória na Série B, que é o que a gente quer, buscar duas vitórias nos próximos dois jogos", projetou Wagner Lopes.

Na última rodada da Série B, dia 28, o Vitória recebe o Vila Nova, às 16h, no Barradão.

Fonte: Correio


Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

MOYA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA