Solidariedade da Sorte


De acordo com o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Estado da Bahia (CIEVS) em seu último boletim divulgado, aponta 936 casos de Covid-19 com variantes detectadas a partir do sequenciamento genético realizado.

Na região do Núcleo Regional de Saúde, com sede em Jacobina, há o registro de 05 casos da variante Delta, sendo 03 em Jacobina, com um óbito, e 02 casos em Capim Grosso. Há registros ainda de um caso da variante Alpha, e 12 casos da variante Gamma.

A variante Delta, linhagem B.1.617.2, teve o seu primeiro registro realizado em outubro de 2020, na Índia. A variante Alpha foi registrada no Reino Unido em setembro de 2020, a variante Gamma registrada no Brasil, em Manaus, em novembro de 2020. Além disso há a variante Beta, sem registro na região, e que foi identificada na África do Sul em maio de 2020.


A Secretaria de Saúde de Jacobina emitiu nota na noite desta terça-feira (16) com informações acerca dos casos registrados de Delta no município. Diz a nota:

Caso 1: homem, na faixa-etária dos 20 anos, sem histórico de viagem e comorbidades. Apresentou sintomas leves (perda de olfato, paladar, fraqueza) e evoluiu para cura. Possui registro de duas doses de vacina contra a COVID-19.

Caso 2: homem, na faixa-etária dos 50 anos, que possuía comorbidades, apresentou sintomas mais severos e faleceu após internamento em unidade de referência. Possuía histórico vacinal contra a COVID-19 incompleto (apenas 1ª dose).

Caso 3: homem, na faixa-etária dos 40 anos, sem histórico de viagem e comorbidades. Apresentou sintomas leves (fraqueza, tosse, perda de apetite) e evoluiu para cura. Não possui histórico de vacinação contra a COVID-19.

Diante disso, reforça-se a importância de manter as medidas de prevenção, tais como: uso de máscaras; higienização frequente das mãos; evitar aglomerações e completar esquema vacinal contra a COVID-19.“

Variante Delta

Detectada pela primeira vez na Índia, em outubro de 2020, a mutação do vírus SARS-CoV-2 (causador da Covid-19), conhecida como Variante Delta (B.1 617.2, antes também chamada de variante indiana), já foi registrada em mais de 130 países, conforme divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 30 de julho deste ano. Ela é considerada uma variante de preocupação por ser mais transmissível do que as anteriores (Alfa, Beta e Gama), o que a faz mais contagiosa do que a cepa original.

Sua rápida disseminação em tempos de flexibilização das medidas de isolamento social em muitos países e no Brasil, chama a atenção dos cientistas em um momento em que os avanços para controlar a pandemia começavam a se observar a partir dos aumentos nas percentagens de cidadãos vacinados.

O grande problema da variante Delta é o seu alto poder de transmissibilidade. Como comparativo, a cada pessoa contaminada pela variante Alpha, contaminava mais três, a Delta provavelmente é o dobro ou mais do que isso.

Fonte: Mais Política

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

TEMPO PI - 32135

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA