Solidariedade da Sorte


Reprodução

Goiânia – A Polícia Civil de Goiás investiga um homem que teria enviado uma foto da filha de 4 anos com uma arma de fogo na mão para a ex-mulher, que já tem uma medida protetiva contra ele. O homem é conselheiro tutelar e, segundo a corporação, está foragido.

O caso aconteceu em Jandaia, na região central de Goiás. O ex-casal tem duas filhas, uma criança de 1ano e a outra de 4. De acordo com o delegado responsável pela apuração do fato, Luiz Gonzaga, o suspeito tem um histórico de denúncias por violência doméstica.

Ao Metrópoles, o investigador relatou que, na última sexta-feira (12/11), o homem foi até o local de trabalho da ex-mulher, uma distribuidora, e fez diversos disparos de arma de fogo, causando danos ao estabelecimento. A mulher teria ficado apavorada.

“Essa situação foi registrada na Polícia Civil, mas já constam registros anteriores que envolvem ameaça por parte desse homem e também a questão da arma de fogo que ele teria entregado a filha. São duas situações distintas, que envolvem violência doméstica e já estão sob investigação”, afirmou Gonzaga.

Durante o episódio, a ex-mulher do conselheiro se trancou no banheiro e de lá acionou a Polícia Militar, para que fosse levada para casa. A situação foi registrada na PCGO.

Fonte: Metrópoles

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

MOYA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA