Solidariedade da Sorte

Foto: Reprodução / Divulgação / Secom

Pelo segundo ano consecutivo o Festival Virada Salvador, festa promovida pela prefeitura que celebra o Réveillon na cidade, não irá acontecer.

A confirmação foi feita nesta segunda-feira (29) pelo prefeito Bruno Reis (DEM) durante a entrega do CRAS de Castelo Branco.

De acordo com o gestor municipal, apesar da queda nos números de óbitos, ainda há uma incerteza quanto ao cenário da pandemia na cidade, o que impede de confirmar uma festa da magnitude que é o Festival Virada. Bruno afirma que esta é a única festa que dependia de um posicionamento exclusivo dele, já que o Festival era organizado pela Prefeitura.

"Os números de óbitos só fazem cair. Só que num cenário de incertezas e dúvidas não há como realizar o Festival Virada esse ano para 200 mil pessoas, estamos a 1 mês da festa e chegamos ao limite dessa decisão. Essa decisão dependeria exclusivamente da Prefeitura, a decisão está tomada. Nós não realizaremos diante de tudo que estamos vendo, ainda não é o momento de colocar em risco tudo que nós construímos até aqui colocamos sempre a vida em primeiro lugar".

A decisão também foi anunciada no perfil oficial do prefeito no Twitter:
Em seu último pronunciamento, o prefeito afirmou que estava ouvindo opiniões de diversos especialistas para tomar uma decisão sobre a festa. Na última declaração sobre a festa Bruno afirmou que dificilment ela aconteceria no seu formato tradicional, com duração de 5 dias e a presença de grandes artistas.

Sem a festa gratuita aberta ao público, a alternativa dos soteropolitanos será apostar em uma das mais de 10 festas privadas já marcadas para acontecer na cidade no dia da virada.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

TEMPO PI - 32135

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA