Solidariedade da Sorte


                 Da Redação

A Polícia Civil está investigando um abrigo em Taiobeiras (MG) por suspeita de realizar empréstimos em nome dos internos. O lar temporário também é investigados por maus-tratos aos idosos.

Nesta sexta-feira (1), agentes cumpriram um mandado de busca e apreensão no local. Conforme as investigações, há indícios de que a proprietária da instituição tomava o cartão de benefício do idoso assim que era assinado o contrato.

Diversos cartões bancários e anotações de senhas foram apreendidos, assim como documentos, que serão periciados e analisados pela polícia. “Ainda, obtivemos informações que, com o empréstimo em nome dos idosos, a proprietária comprava roupas, eletrodomésticos e acessórios para uso pessoal”, explicou o delegado Bruno Marocco.


Conforme a Polícia Civil, o crime de maus-tratos foi flagrado por uma vizinha que gravou um vídeo por meio de um buraco no muro do imóvel. Nas imagens, um idoso de 66 anos aparece com os pés e mãos amarrados, sendo arrastado pelas costas por funcionários do local. Segundo a polícia, o caso segue em investigação.

Fonte: Istoé

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOV EDUCA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA