Solidariedade da Sorte


                            Por: iStock Por: Redação Bnews

Após gastar quase R$ 6 mil em uma casa de prostituição em São José do Rio Preto (SP), na madrugada deste domingo (3), um corretor de imóveis de 31 anos pediu ajuda a sua própria mãe e até mesmo à Polícia Militar por não ter como custear a despesa.

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem, que é casado, passou o sábado em uma casa de programa. Lá, ele fez uso de bebidas alcoólicas e dos serviços sexuais ofertados por mulheres que trabalham no local.

No momento em que precisou pagar a conta, que chegou a R$ 5,7 mil, ele afirmou não ter dinheiro suficiente. Sem saber o que fazer, ele deixou o carro que usou para se dirigir ao local e foi embora.

Minutos após ter deixado o estabelecimento, ele retornou acompanhado da mãe, uma aposentada de 68 anos. Ela tentou negociar com a proprietária da casa, mas não chegaram a um acordo, já que a idosa não tinha o valor em mãos.

Como garantia, a mãe do rapaz sugeriu deixar o documento do veículo no estabelecimento, mas ficou com medo de ter o carro retido, já que ele era alugado, e foi aí que acionou a PM.

Todos foram encaminhados para a delegacia, mas o delegado de plantão entendeu que a dívida deveria ser resolvida entre os envolvidos e nenhum tipo de crime foi praticado. Um boletim de ocorrência não criminal foi registrado e todos foram liberados.

Fonte: BNews

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

estado solidario

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA