Solidariedade da Sorte

        Da Redação

A última semana de setembro há mais de três décadas Conceição do Coité e outras cidades da região sisaleira e de outras regiões do estado da Bahia sempre foi dedicada a comunidade evangélica. No início de tudo em Coité reunia praticamente todas as igrejas durante uma semana inteira em praça pública com atividades todas as noites, mas com o passar do tempo cada uma realizava seu culto individual e se reuniam na sexta, sábado e domingo para o Grande Louvor com a participação de renomados pastores, pregadores e cantores que atraiam milhares de pessoas.

                 Festa dos Evangélicos 2015 | Arquivo Raimundo Mascarenhas

Estima-se que no Estado da Bahia mais de 60 municípios festejam a data 23 e setembro por a Igreja no Brasil celebrar o mês da Bíblia. A data também é Lei Estadual, porém não é feriado.

Assim como em todo o mundo, por conta da pandemia do novo Coronavírus a festa dos evangélicos não foi realizada no ano passado e neste ano está mantida para a manhã desta quinta-feira a tradicional carreata promovida pela Assembleia de Deus saindo do Povoado Santa Rosa até a sede de Coité. A noite, haverá pregação e muito louvor na Praça da Bíblia a partir das 19h.

O evento tem a coordenação da Ordem dos Ministros Evangélicos de Coité – OMEC.

         Carreta marca a 24ª Edição da Semana dos Evangélicos 2018 | Foto: Raimundo Mascarenhas

Saiba como surgiu o Dia dos Evangélicos em Coité e na Bahia

                                     Valdemí idealizou e foi criada a Semana dos Evangélicos…

Tudo começou no fim da década de 1980 quando o então vereador Valdemí de Assis participava dos eventos do evangélicos em praça pública, onde o palco era um caminhão atravessado no meio da rua, uma gambiarra de luz e com uma quantidade reduzida de igrejas, reunia evangélicos não só de Coité como de outras cidades da região.

Valdemi de Assis conhecido por Mitinho, após se reunir com os pastores à época, prometeu levar para Câmara um projeto para que fosse criado a Semana dos Evangélicos de Conceição do Coité e teve aprovação de todos os colegas do legislativo e a lei foi sancionada pelo então prefeito Hamilton Rios de Araújo. Foi um grande avanço, porém, não havia feriado em nenhum dia da semana dedicada aos evangélicos que acontecia de 17 a 23 de setembro.

Vereadora Geninha alterou a lei para tornar o dia 23 feriado municipal.

                        Geninha alterou a Lei para garantir o feriado municipal de 23 de setembro

A partir  de 1997 quando a então vereadora Maria Eugênia, popularmente conhecida por Geninha que é evangélica, resolveu alterar o projeto e começou a luta para que fosse aprovado o Dia do Evangélico em Conceição do Coité, escolhendo o dia 23 por estar na última semana do mês de setembro (mês da bíblia) comemorado dia 30. O projeto da vereadora foi aprovado pela Casa Legislativa e sancionado pelo então prefeito Éwerton Rios (Vertinho).

Dia 23 de setembro também deve ser comemorado em todo estado

      Emério Resedá conseguiu aprovação do Dia Estadual dos Evangélicos, mas não foi possível torná-lo feriado

Após ter o dia reconhecido em Coité, Valdemi de Assis que também atuava como radialista, sugeriu ao então deputado Emério Resedá que levasse o projeto na tentativa de tornar o dia 23 de setembro feriado estadual dos Evangélicos, mas por motivo de incompatibilidade, ou seja, não cabendo mais criação de feriados no estado, já que tem limite para isso, ele conseguiu aprovar

 O  Dia Estadual dos Evangélicos para esta mesma data e foi sancionada pelo então governador Paulo          Souto, porém, sem o feriado no estado.                                                                                                                                             
Fonte: Calila Notícias                                                                                                                            


Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

LEIAUTE EDUCA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA