Solidariedade da Sorte


Considerando que a cultura popular sofre alterações que contemplam os aspectos econômicos, administrativos, educativos e sociais, abraçar a cultura é dizer sim ao melhor dos aspectos de vida de uma nação, além do entendimento de que o conhecimento da cultura reforça a valorização e o incentivo ao desenvolvimento de um povo.

E foi com esse olhar valorizador e provido de tal entendimento, que o grande poeta cantador de Monte Alegre, Pedro da Viola, convidou aos MAIORES DO SAMBA DE RAIZ do nosso Nordeste, e os reuniu, no que foi denominado, ENCONTRO DE GIGANTES, na cidade de Mundo Novo-BA, nesse domingo (19/09), onde encontramos com Bel Modesto, o grande percussor desse estilo de samba boiadeiro, samba de chula, samba regional ou simplesmente samba de raiz, onde também se fizeram presentes Gildásio da Barra, Silvano Pereira, Zé de Otávio, Reininha, Sapatão, Zé Beté, Neguinho, Jorge de Mundo Novo, Crispim do Derba, Enoque do Pandeiro, Antenor do Caminhão, Alan Sampaio, além, é claro, do organizador do encontro, Pedro da Viola, para quem tiramos o chapéu, pela sua força poética e de reconhecida competência interpretativa e de improviso, o chamado repente.

Na ocasião, as pessoas que ali se encontravam, puderam degustar do melhor prato e com os melhores nutrientes musicais daquele gênero, chegando a promover emoções muito fortes em todos que ali assistiam, e em especial aos próprios artistas poetas cantadores que, em sua maioria, formaram duplas com quase todos que ali se encontravam, e juntos promoveram muitas emoções boas por onde passaram cantando e sambando, lá pelas décadas de 60, 70 e 80, qdo juntos cantaram por esse mundão a fora.

Além das presenças de amigos admiradores e familiares dos referidos artistas cantadores ali presentes, contamos também com as presenças dos segmentos da cultural do governo municipal mundo-novense, sob a regência da ilustre secretária Larissa Franco e da parlamentar Ivone Batista, proprietária do horto-xácara, ali mesmo nas proximidades da cidade de Mundo Novo.

Na ocasião, queremos deixar o nosso afetuoso abraço aos GRANDES ARTISTAS POETAS CANTADORES, hoje já na casa octagenária, mas dum vigor musical e espiritual estiloso e de tirar o chapéu, como o nosso querido Bel Modesto, que ali sambou e sapateou como ninguém, causando admiração e inveja a todos que o assistiam.

E assim registramos esse grande momento de cantoria e bate-papo com esses GIGANTES DO SAMBA, Maestros da chula, que muito fizeram e continuam fazendo pela nossa cultura de raiz.

Por: MANUEL Braz LOMES




























Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

estado solidario

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA