Solidariedade da Sorte


No Conexão Bahia , Briza Menezes foi até o povoado de Coqueiros, em Mirangaba, para conhecer a Serra das Figuras, um local cheio de mistérios e paisagens deslumbrantes. Na companhia do historiador Valter de Oliveira, ela percorreu uma trilha de 8 km feita num carro 4x4. Num passeio pelas ruínas da Igreja das Figuras, um templo tricentenário em louvor a São Miguel Arcanjo, o especialista revelou algumas lendas.

Valter explicou que o local foi construído por Romão Gramacho, um dos maiores exploradores de ouro da Bahia na época da Colônia. Segundo a lenda, ele teria feito um pacto com o diabo para construir o templo. “Mas ele enganou o diabo, que, louco, começou a dar coices nas paredes da igreja. A população diz que uma das paredes é inclinada por isso”, contou. Outra lenda diz que Romão, para burlar impostos, teria escondido parte do ouro encontrado – e, por conta disso, até hoje tem gente procurando este tesouro por lá.

A igreja começou a se deteriorar após um incêndio, no início da década de 80

O historiador contou que, até 1979, a Igreja das Figuras estava de pé. Mas, pouco mais de um ano depois, um incêndio atingiu o templo e destruiu o telhado – e, com isso, o local foi se deteriorando com o tempo. Ainda assim, todo ano, em 29 de setembro, dia de São Miguel, seus devotos vão até lá.

Briza visita as ruínas da Igreja das Figuras e conhece seus mistérios Historiador Valter de Oliveira conta lendas do templo tricentenário que louva São Miguel Arcanjo
Fonte: GShow
Fotos:Gervasio Lima










Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOV EDUCA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA