Solidariedade da Sorte

O aeroporto de Jacobina está proibido de realizar pousos ou decolagens. A decisão da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) ocorre após seis meses de negligenciamento por parte da Prefeitura de Jacobina, que descumpriu as condições e ajustamentos estabelecidos em março desse ano.

O Jacobina Notícias apurou que, com a interdição – válida até 29 de junho de 2022 – qualquer aeronave que pousar ou decolar do aeródromo da cidade estará irregular, ainda que sejam para transferência de pacientes, no caso das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) aérea, ou de transporte de valores.

O descumprimento das medidas de ajustamento requeridas pela Anac à época, tais como manutenção do aeródromo e implantação de vigilância permanente, com curso de capacitação específico para desenvolvimento da segurança no local, dentro das exigências da agência, teve como consequência a interdição do equipamento que atende a toda microrregião.

Agora, a Prefeitura de Jacobina terá que cumprir as determinações da Anac para que a cidade possa voltar a receber voos no Aeroporto 2 de Julho. A última vez que o aeródromo de Jacobina sofreu interdição foi há cerca de 10 anos, e levou quase dois para que os ajustes fossem realizados e a restrição da Anac suspensa.
Fonte: Jacobina Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOV EDUCA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA