Solidariedade da Sorte


                            Por: Reprodução/Youtube Por: Samuel Barbosa

Sentados em cadeiras ou deitados em macas, o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), em Salvador, tem muitos pacientes internados nos corredores. Imagens encaminhadas ao BNews nesta quarta-feira (11) mostram a superlotação na unidade de saúde, que é o maior hospital público da Bahia em atendimento de média e alta complexidade.

"Pacientes internados na recepção da emergência. Estando internado na recepção, o paciente não recebe nenhuma medicação, não tem acesso venoso. A gente prescreve e não faz nenhuma medicação. Ficam internados na cadeira", disse o denunciante.

Durante o vídeo, de 47 segundos, é possível contar 15 pacientes acomodados em macas, além de pessoas que aparentam ser acompanhantes. Fotos mostram ainda uma recepção cheia, sem o devido distanciamento em decorrência da pandemia da Covid-19.

Assista:

 

Procurado, o hospital reconheceu por meio de nota que está superlotado por conta da grande demanda ocasionada pela restrição de atendimento em outras unidades de emergência. Ainda de acordo com a nota, a unidade está funcionando em local temporário, devido à reforma.

Confira a nota na íntegra:

Neste momento pandêmico, de restrição de atendimento em outras unidades de emergência, o HGRS tem tentado não negar nenhum tipo de atendimento emergencial. Estamos superlotados, mas, apesar disso, todos os pacientes que estão em macas estão assistidos, medicados e realizando exames de alta complexidade. A unidade está funcionando em local temporário, devido à reforma, mas, no próximo mês, receberemos uma nova emergência adulto, mais ampla e moderna.

Fonte: BNews

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

GOVERNO TEMPO

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA