Solidariedade da Sorte


           Foto: Reprodução/Pixabay

O Ministério da Saúde lançou uma série de ações na tentativa de reverter a queda na procura por tratamentos contra o tabagismo no contexto da pandemia da Covid-19. As estratégias foram anunciadas neste domingo (29), data em que é celebrado o Dia de Combate ao Fumo.

A pasta atribui a redução da busca a alguns fatores, entre eles o incentivo para ficar em casa, fuga de aglomerações, entre outros. As medidas foram adotadas nos estados diante da recomendação de entidades de saúde e sanitárias diante da gravidade da pandemia da Covid-19.

Dados coletados pelo Programa Nacional de Controle do Tabagismo, coordenado pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), instituto federal vinculado ao Ministério da Saúde, a redução de pessoas que buscaram tratamento contra o tabagismo em 2020 foi de 66% em relação ao ano anterior.

As medidas adotadas pelo Programa Nacional de Controle do Tabagismo incluem o para uso de ferramentas tecnológicas, como os aplicativos WhatsApp, Zoom, Skype e outros para tele atendimento; capacitação de cerca de cinco mil profissionais de saúde para tratamento ao fumante para fortalecer não apenas a atenção primária, mas também os Centros de Atenção Psicossocial e de Atenção Especializada, além do desenvolvimento de diversos materiais para apoiar a população, os fumantes e as equipes de saúde, como notas técnicas, alertas, infográficos, cards e mini vídeos.

No Brasil, o fumo mata, por ano, cerca de 162 mil pessoas e custa mais de R$ 125 bilhões aos cofres públicos em gastos diretos e indiretos com doenças recorrentes provocadas pelo ato de fumar, como o câncer de pulmão. Isso equivale a 23% do que o Brasil gastou, em 2020, com o enfrentamento à Covid-19. O alto custo do tabagismo não inclui os gastos do Sistema Único de Saúde (SUS) para tratar a dependência de nicotina.

Uma das estratégias defendidas pelo Governo Federal é a adoção de altas taxas de impostos sobre os produtos de tabaco. O entendimento é que desta forma, se desencorajaria o consumo.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

LEIAUTE EDUCA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA