Solidariedade da Sorte

Foto: Fábio Rodrigues/Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), decidiu pautar mesmo para terça-feira, 10, a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do voto impresso, rejeitada na última sexta-feira, 6, pela comissão especial, informa o G1.

Mesmo reprovado pela comissão, o texto pode ser levado ao plenário pelo presidente da Casa, conforme o regimento interno. Isso porque, segundo técnicos da Câmara, o colegiado não oferece análise definitiva sobre o assunto, ou seja, não pode arquivar ou aprovar de vez uma PEC — somente orienta a decisão do plenário.

A impressão do voto é uma das bandeiras do presidente Jair Bolsonaro, que tem feito reiteradas críticas ao sistema eleitoral brasileiro e à segurança das urnas eletrônicas, sem apresentar qualquer prova de fraude em eleições.

Mais cedo, Lira afirmou que Bolsonaro respeitará a decisão do plenário da Câmara sobre o tema.
Fonte: A Tarde

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

POLICLINICA SERRINHA

Alicell Atacadista

AUGUSTO URGENTE- JACOBINA BAHIA